quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Susto!


Já sei que esta altura do ano é (infelizmente) dada a incêndios.
E que esses incêndios, muitas vezes, acontecem perto de habitações...
Mas não se pensa que alguma vez irá acontecer a nós próprios...

Nunca me passou pela cabeça, que alguma vez iria apanhar o susto que apanhei ontem, por volta das 22h30. O início de um incêndio, a 200/300 metros do sítio onde vivemos, revela-se uma experiência stressante, que não se deseja a ninguém. O susto, a incredulidade, o instinto a funcionar, o agarrar de baldes para ir apagar o fogo que já se está a alastrar pelo eucaliptal acima e pelo pinhal abaixo, correr com água para pôr em cima das chamas, a consciência que não se corre nada e que não se tem força suficiente para levar simples baldes cheios de água, a impotência...

Valeu a acção rápida dos que vivem naquela zona e a resposta veloz dos bombeiros voluntários do concelho que, em pouco tempo, chegaram e acabaram o trabalho que a vizinhança tinha (tentado com todas as forças) começar. O incêndio foi combatido quase de início, que levou a que fosse extinto rapidamente.

Ficam as questões: como começou um incêndio naquela zona, àquela hora, perto de um caminho de terra batida, que vai para lado nenhum... e o que teria acontecido se uma vizinha não tivesse olhado pela janela e visto as chamas na mata... e se fosse uma ou duas horas mais tarde, quando já está tudo a dormir?


4 comentários:

horticasa disse...

Que horror!!
Nem quero pensar numa coisa dessas...
Valeu pela experiência amarga, há que ter os olhos bem abertos para alguém mal intencionado que anda por aí...
Que não volte a acontecer, são os meus votos sinceros...bj

Style Meets Green disse...

Ainda bem que não aconteceu nada de mais grave!
Corta mesmo o coração ver essas imagens pelo país fora..:\
Fica o desejo, de que alguém que tenha provocado isso seja severamente castigado.

Rosarinho disse...

Que grande susto! Ainda bem que tudo acabou em bem :)

Parabéns aos nossos Bombeiros!

Catarina disse...

Horticasa:
Temos mesmo que que andar com os olhos bem abertos porque as improbabilidades acontecem:(
Obrigada pelas palavras, bjo

Style Meets Green:
O meu desejo vai ao encontro do teu. Ninguém tem o direito de fazer isto!
Bjo

Rosarinho:
Ainda bem que foi detectado no início, senão... nem imagino (nem quero)!
Os bombeiros actuaram super-rápido, foram fantásticos bem como a vizinhança. Bjo