quinta-feira, 2 de junho de 2016

A Horta de Junho (2016)

A nossa nova horta já está a dar frutos, ou melhor, legumes. E apesar da erva andar a tentar invadir todo e qualquer pedacinho de terra daquele terreno, mesmo assim ainda conseguimos ir mantendo a horta apresentável.

Da última vez que aqui falei da horta já tínhamos plantado/semeado cebolas, alhos franceses, couves, beterrabas, salsa, hortelã-pimenta, coentros, ervilhas de quebrar, dois tipos de alfaces, alecrim e cravos túnicos.

Depois disso, já plantámos/semeámos mais beterrabas, feijão (3 tipos de feijão verde e também do seco), tomates (chucha e coração), pimentos, courgetes, pepinos, melões e melancias. 

Na verdade o tempo este ano não tem estado nada normal e algumas culturas ressentiram-se com tantas voltas e diferenças de temperatura. A hortelã-pimenta não deu nada e algumas das couves não pegaram. Mas no geral, tudo correu bem e agora é que estamos a começar a colher os resultados do nosso trabalho.


Algumas das cebolas já foram apanhadas, pois com tanta chuva que caiu, as folhas acabaram por apodrecer e se não tirássemos as cebolas da terra, apodreciam também. Algumas ainda eram pequeninas, mas a maioria já estava de um bom tamanho.
Desde há um mês, ou mais, que se apanham alfaces e aproveito sempre para trazer também salsa e coentros, que adoro. Os coentros agora com este calor já estão a começar a espigar e irei aproveitar para recolher as sementes: uma parte irei guardar para semear para a próxima vez e o resto irei guardar para usar na cozinha.


As ervilhas de quebrar começaram tímidas, mas agora estão enormes e todos os dias que se vá à horta que se apanham umas quantas. Já comemos várias vezes e já distribuímos pela família. Começa a ser a altura de congelar, com tantas que temos! 

(alfaces, ervilhas de quebrar, salsa, coentros e alho francês)
Da última vez que fomos à horta trouxemos esta "sacada" de vegetais, já viram a poupança que foi?

Agora, começa o feijão a crescer, já se lá vêem umas pequeninas vagens, os tomateiros e as courgetes também já têm flor. As couves, apesar de tudo o que passaram lá se foram aguentando.

Resta continuar a regar, tirar ervas, fazer uma estrutura  para os tomateiros e colher, colher muito e muita variedade.

E logo à noite para o jantar a sopa vai ter cebola, alho francês e couves da horta (as primeiras), mal posso esperar para provar.

Boa quinta-feira!

- O Ecológica, quem? Eu? já tem página de Facebook. Para verem mais novidades da horta, outras dicas e eventos ecológicos ou só para partilharem energia positiva, sigam o link: https://www.facebook.com/ecologica.quem.eu/ -

28 comentários:

Paulinha Costa disse...

que delicia que é poder semear e depois colher os frutos ne, ainda mais sabendo que foram nossas maos que os plantaram, ver crescer colher e preparar, eu adoro, la em casa tenho uma hortinha e adoro cuidar.
tenha uma otima quinta-feira.
http://ornague.blogspot.com.br/

Crocheteando...momentos! disse...

Catarina por aqui a ervilha também está sempre a surgir entre o emaranhado das ervilheiras que têm mais de dois metros de altura!
As alfaces e couves também abundam...e as novidades da época ganham flor!
É muito bom cuidar da horta...mas ocupa muito do nosso tempo!
Gostei das suas colheitas...bj

Ana disse...

Bem...Catarina, isso é uma horta a sério, que maravilha, os melhores alimentos vêm da horta, nada como descascar em vez de desempacotar, é o que tento fazer cada vez mais, por aqui ainda não se come nada da hortinha local, mas compro semanalmente biológicos de uma quinta aqui da zona, e os gastos com supermercado são cada vez menos, já risquei de lá frutas, legumes e cosméticos(químicos). Beijinhos

Mamã Iogurte disse...

Que bom! Por aqui também se come da horta, mas da dos meus pais que dá para dar e vender! Boas colheitas! Abraço

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Ora ai estão os "frutos" da horta e as ervas invasoras são terríveis.
Um abraço e bom fim de semana.

Catarina disse...

Minha querida parabéns por mais um post espetacular e pela tua forma de viver. Como tu dizes e muito bem, melhor que ter uma alimenta~~ao saudável é saber a origem dos alimentos que comemos. Na minha opinião os melhores são mesmo estes, que plantamos, vemos crescer e depois colhemos!!
Cada vez mais me sinto feliz por ter uma horta, dá trabalho, dá sim senhora, mas nos dias de hoje é um trabalho de luxo!! Pois não tem preço saber aquilo que se come!
Beijinho enorme, tem um excelente fim de semana.

Bella disse...

que colheitas deliciosas :)
este ano não vai muito famoso é para as batatas!
bjs

homem do leme disse...

Os coentros e a salsa estão todos a espigar... mas há muito tempo que não tinha tanta salsa. Está cheia de piolho. Tenho remédio para o piolho das roseiras, mas tenho receio de o pôr na salsa...
Só semeio/planto na varanda. Tenho uma varanda com 10 metros por 2 metros de largura, mas não dá para fazer agricultura. Tenho algumas ervas (hortelã, salsa, coentros, poejo, chá príncipe e tenho um loureiro) e há dois anos que planto tomate cherry. Este ano não me apeteceu... faz muito lixo. Em compensação plantei duas roseiras que estão a ficar espetaculares.
Também tenho três hortênsias carregadas de flores... e duas oliveiras (eheheh) e duas figueiras da Austrália e estou à espera que uns pés de hortelã pimenta peguem.
Sou um "agricultor" sem terra. eheheh

Carla Ramalho disse...

É óptimo poder semear e colher, a minha horta é muito pequenina mas lá vamos colhendo algumas coisas e, realmente, além de se saber o que se come, poupa-se mesmo muito dinheiro. É que os legumes e frutas andam cada vez mais caros :)
Beijinhos ...
Guloso qb

Ana S. disse...

Olá Catarina! Efectivamente as mudanças de tempo não devem ajudar às culturas, tudo se atrasa, mas ainda assim tiveste uma fantástica colheita! Vegetais frescos e completamente biológicos, que maravilha - quem me dera!

GIVEAWAY Pack Odisseias SPA + AVENTURA + GOURMET

As Mulheres 4estacoes disse...

Deve ser muito boa a sensação de semear e ver crescer até o ponto de serem colhidos e saboreados.
Sem contar os benefícios de ter tudo fresco e sem agrotóxicos, com certeza são bem mais saborosos e nutritivos.
Um abraço,
Sônia

Graça Pires disse...

É preciso muita dedicação para se ter uma horta, não é? Imagino o prazer que se tem quando se colhe o que se plantou...
Beijos.

Andreia Morais disse...

Isso é uma maravilha :)

nat. disse...

Que bom!
Adorei as tuas colheitas!
Beijinhos eboa semana!

Elisabete disse...

Que rica horta!
Quanto ao Facebook, não tenho, portanto só a vou continuar a acompanhar no blog.
Bjs

Marta Moura disse...

Não há nada melhor do que comidinha da horta! :)

Nadja disse...

Oi Catarina!

Parabéns pela colheita!
Que imagens lindas, emocionantes, sabia?
O milagre da terra entregando seus filhos a vocês...
Belo trabalho, meus parabéns!

Boa semana!

Bjks

Joana disse...

Olá. Vim cá espreitar e vou já seguir... Que bela horta com legumes caseirinhos :-) Adoro! Beijinhos

CÉU disse...

Olá, Catarina...

E viva a natureza e vivas tu e o teu amor, entrega e persistência a este tipo de coisas.

A tua horta, ou nova horta, dá tanta coisa boa... Tudo semeado por vocês, regado com boa água e com mto amor. o resultado está a, c acento grave, vista.

As ervas daninhas é k são atrevidas - risos - e aparecem sem serem chamadas. Espero k tenhas tido um bom jantar. Diz-me, depois, como estava a sopa e a k te soube.

beijinhos e bom feriado.

Isa Sá disse...

Sabem bem ir à horta colher produtos fresquinhos!

Isabel Sá
Brilhos da Moda

Andreia Morais disse...

r: Isso também é verdade :)
Beijinhos*

silvioafonso disse...

Adorei o seu blog, por isso vou segui-lo.
Um beijo e, se gostar, siga o meu também.



.

Carmem Grinheiro disse...

Olá, minha querida Catarina.
UAU!!!!!
Imagino tua alegria a colher tantos "frutos" do TEU esforço e dedicação - mas estou admirada com a quantidade: tens andado quebradinha dessas costas, não?
Ricas cebolas, e alfaces para a salada!!!
Ervilhas que até saltam aos olhos - como te entendo ;)

um bj muito grande

PINTA ROXA disse...

Olá bom dia.
Gostei de fazer as caminhadas e já fazem parte do meu fim de semana. Sabado e domingo bem cedo lá vou eu.
Não faço muito 6/7 km cada dia mas para quem não levantava o "rabo" do sofá já acho muito bom.
Quando á horta está a dar coisas muito boas. As ervilhas só há poucos anos descobri. aqui na minha zona é mais as outras as de bago, dessas não contumava comer, nem nunca o meu pai as plantou.
Beijinhjos e boa semana ahh e boas colheitas.

Zi Santos disse...

OI Catarina
Fico contente ao ver que a horta de vocês está em plena colheita!
Fui lá recordar o post de fevereiro onde comentava sobre o local e os metediços. Bom que tiveram sucesso no plantio.
Não tem coisa melhor que consumirmos algo que vemos crescer , sem adubo, com nosso esforço e trabalho. Parabéns a todos!
Aqui chamamos o alho francês de alho poró. No dicionário também tem alho porro, creio que houve uma adaptação na linguagem e hoje chamamos de poró.
Ontem mesmo fiz sopa com alho poró, abobóra amarela ( que podem ser jerimum dependendo da região) e batatas. Bati no liquidificador, e coloquei creme de leite ( ou natas) e um pouco de noz moscada.
É meu creme ( sopa) preferida.
Sou vegetariana, então adoro tudo o que plantou e comeria todos com muito apetite!
Quanta economia vão fazer!
beijos Catarina, sucesso na sua horta!

Anajá Schmitz disse...

Olá,
uma horta é uma riqueza numa casa. Moro no campo e não tenho é uma vergonha. Aqui temos seca no verão e geada no inverno.
Bjos
Tenha uma ótima semana.

Horticasa hoticasa disse...

Bom dia, muito bom, as colheitas animam-nos para prosseguir.
Por aqui também já se colhem coisas.
Boa continuação, beijinho
PS. ...e as corridas, vamos ao Caldas trail?

helena disse...

Como gosto de colher e preparar os meus próprios alimentos. O sabor é incomparável! Mas...o tempo nem sempre nos dá tempo para assim proceder.