quinta-feira, 2 de junho de 2016

A Horta de Junho (2016)

A nossa nova horta já está a dar frutos, ou melhor, legumes. E apesar da erva andar a tentar invadir todo e qualquer pedacinho de terra daquele terreno, mesmo assim ainda conseguimos ir mantendo a horta apresentável.

Da última vez que aqui falei da horta já tínhamos plantado/semeado cebolas, alhos franceses, couves, beterrabas, salsa, hortelã-pimenta, coentros, ervilhas de quebrar, dois tipos de alfaces, alecrim e cravos túnicos.

Depois disso, já plantámos/semeámos mais beterrabas, feijão (3 tipos de feijão verde e também do seco), tomates (chucha e coração), pimentos, courgetes, pepinos, melões e melancias. 

Na verdade o tempo este ano não tem estado nada normal e algumas culturas ressentiram-se com tantas voltas e diferenças de temperatura. A hortelã-pimenta não deu nada e algumas das couves não pegaram. Mas no geral, tudo correu bem e agora é que estamos a começar a colher os resultados do nosso trabalho.


Algumas das cebolas já foram apanhadas, pois com tanta chuva que caiu, as folhas acabaram por apodrecer e se não tirássemos as cebolas da terra, apodreciam também. Algumas ainda eram pequeninas, mas a maioria já estava de um bom tamanho.
Desde há um mês, ou mais, que se apanham alfaces e aproveito sempre para trazer também salsa e coentros, que adoro. Os coentros agora com este calor já estão a começar a espigar e irei aproveitar para recolher as sementes: uma parte irei guardar para semear para a próxima vez e o resto irei guardar para usar na cozinha.


As ervilhas de quebrar começaram tímidas, mas agora estão enormes e todos os dias que se vá à horta que se apanham umas quantas. Já comemos várias vezes e já distribuímos pela família. Começa a ser a altura de congelar, com tantas que temos! 

(alfaces, ervilhas de quebrar, salsa, coentros e alho francês)
Da última vez que fomos à horta trouxemos esta "sacada" de vegetais, já viram a poupança que foi?

Agora, começa o feijão a crescer, já se lá vêem umas pequeninas vagens, os tomateiros e as courgetes também já têm flor. As couves, apesar de tudo o que passaram lá se foram aguentando.

Resta continuar a regar, tirar ervas, fazer uma estrutura  para os tomateiros e colher, colher muito e muita variedade.

E logo à noite para o jantar a sopa vai ter cebola, alho francês e couves da horta (as primeiras), mal posso esperar para provar.

Boa quinta-feira!

- O Ecológica, quem? Eu? já tem página de Facebook. Para verem mais novidades da horta, outras dicas e eventos ecológicos ou só para partilharem energia positiva, sigam o link: https://www.facebook.com/ecologica.quem.eu/ -

28 comentários:

Pri disse...

que delicia que é poder semear e depois colher os frutos ne, ainda mais sabendo que foram nossas maos que os plantaram, ver crescer colher e preparar, eu adoro, la em casa tenho uma hortinha e adoro cuidar.
tenha uma otima quinta-feira.
http://ornague.blogspot.com.br/

Os olhares da Gracinha! disse...

Catarina por aqui a ervilha também está sempre a surgir entre o emaranhado das ervilheiras que têm mais de dois metros de altura!
As alfaces e couves também abundam...e as novidades da época ganham flor!
É muito bom cuidar da horta...mas ocupa muito do nosso tempo!
Gostei das suas colheitas...bj

Ana disse...

Bem...Catarina, isso é uma horta a sério, que maravilha, os melhores alimentos vêm da horta, nada como descascar em vez de desempacotar, é o que tento fazer cada vez mais, por aqui ainda não se come nada da hortinha local, mas compro semanalmente biológicos de uma quinta aqui da zona, e os gastos com supermercado são cada vez menos, já risquei de lá frutas, legumes e cosméticos(químicos). Beijinhos

Mamã iogurte disse...

Que bom! Por aqui também se come da horta, mas da dos meus pais que dá para dar e vender! Boas colheitas! Abraço

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Ora ai estão os "frutos" da horta e as ervas invasoras são terríveis.
Um abraço e bom fim de semana.

Catarina disse...

Minha querida parabéns por mais um post espetacular e pela tua forma de viver. Como tu dizes e muito bem, melhor que ter uma alimenta~~ao saudável é saber a origem dos alimentos que comemos. Na minha opinião os melhores são mesmo estes, que plantamos, vemos crescer e depois colhemos!!
Cada vez mais me sinto feliz por ter uma horta, dá trabalho, dá sim senhora, mas nos dias de hoje é um trabalho de luxo!! Pois não tem preço saber aquilo que se come!
Beijinho enorme, tem um excelente fim de semana.

Bella disse...

que colheitas deliciosas :)
este ano não vai muito famoso é para as batatas!
bjs

Anónimo disse...

Os coentros e a salsa estão todos a espigar... mas há muito tempo que não tinha tanta salsa. Está cheia de piolho. Tenho remédio para o piolho das roseiras, mas tenho receio de o pôr na salsa...
Só semeio/planto na varanda. Tenho uma varanda com 10 metros por 2 metros de largura, mas não dá para fazer agricultura. Tenho algumas ervas (hortelã, salsa, coentros, poejo, chá príncipe e tenho um loureiro) e há dois anos que planto tomate cherry. Este ano não me apeteceu... faz muito lixo. Em compensação plantei duas roseiras que estão a ficar espetaculares.
Também tenho três hortênsias carregadas de flores... e duas oliveiras (eheheh) e duas figueiras da Austrália e estou à espera que uns pés de hortelã pimenta peguem.
Sou um "agricultor" sem terra. eheheh

Carla Ramalho disse...

É óptimo poder semear e colher, a minha horta é muito pequenina mas lá vamos colhendo algumas coisas e, realmente, além de se saber o que se come, poupa-se mesmo muito dinheiro. É que os legumes e frutas andam cada vez mais caros :)
Beijinhos ...
Guloso qb

Unknown disse...

Olá Catarina! Efectivamente as mudanças de tempo não devem ajudar às culturas, tudo se atrasa, mas ainda assim tiveste uma fantástica colheita! Vegetais frescos e completamente biológicos, que maravilha - quem me dera!

GIVEAWAY Pack Odisseias SPA + AVENTURA + GOURMET

As Mulheres 4estacoes disse...

Deve ser muito boa a sensação de semear e ver crescer até o ponto de serem colhidos e saboreados.
Sem contar os benefícios de ter tudo fresco e sem agrotóxicos, com certeza são bem mais saborosos e nutritivos.
Um abraço,
Sônia

Graça Pires disse...

É preciso muita dedicação para se ter uma horta, não é? Imagino o prazer que se tem quando se colhe o que se plantou...
Beijos.

Andreia Morais disse...

Isso é uma maravilha :)

nat. disse...

Que bom!
Adorei as tuas colheitas!
Beijinhos eboa semana!

Elisabete disse...

Que rica horta!
Quanto ao Facebook, não tenho, portanto só a vou continuar a acompanhar no blog.
Bjs

Marta Moura disse...

Não há nada melhor do que comidinha da horta! :)

Nadja disse...

Oi Catarina!

Parabéns pela colheita!
Que imagens lindas, emocionantes, sabia?
O milagre da terra entregando seus filhos a vocês...
Belo trabalho, meus parabéns!

Boa semana!

Bjks

Joana disse...

Olá. Vim cá espreitar e vou já seguir... Que bela horta com legumes caseirinhos :-) Adoro! Beijinhos

CÉU disse...

Olá, Catarina...

E viva a natureza e vivas tu e o teu amor, entrega e persistência a este tipo de coisas.

A tua horta, ou nova horta, dá tanta coisa boa... Tudo semeado por vocês, regado com boa água e com mto amor. o resultado está a, c acento grave, vista.

As ervas daninhas é k são atrevidas - risos - e aparecem sem serem chamadas. Espero k tenhas tido um bom jantar. Diz-me, depois, como estava a sopa e a k te soube.

beijinhos e bom feriado.

Isa Sá disse...

Sabem bem ir à horta colher produtos fresquinhos!

Isabel Sá
Brilhos da Moda

Andreia Morais disse...

r: Isso também é verdade :)
Beijinhos*

silvioafonso disse...

Adorei o seu blog, por isso vou segui-lo.
Um beijo e, se gostar, siga o meu também.



.

Unknown disse...

Olá, minha querida Catarina.
UAU!!!!!
Imagino tua alegria a colher tantos "frutos" do TEU esforço e dedicação - mas estou admirada com a quantidade: tens andado quebradinha dessas costas, não?
Ricas cebolas, e alfaces para a salada!!!
Ervilhas que até saltam aos olhos - como te entendo ;)

um bj muito grande

PINTA ROXA disse...

Olá bom dia.
Gostei de fazer as caminhadas e já fazem parte do meu fim de semana. Sabado e domingo bem cedo lá vou eu.
Não faço muito 6/7 km cada dia mas para quem não levantava o "rabo" do sofá já acho muito bom.
Quando á horta está a dar coisas muito boas. As ervilhas só há poucos anos descobri. aqui na minha zona é mais as outras as de bago, dessas não contumava comer, nem nunca o meu pai as plantou.
Beijinhjos e boa semana ahh e boas colheitas.

Zizi Santos disse...

OI Catarina
Fico contente ao ver que a horta de vocês está em plena colheita!
Fui lá recordar o post de fevereiro onde comentava sobre o local e os metediços. Bom que tiveram sucesso no plantio.
Não tem coisa melhor que consumirmos algo que vemos crescer , sem adubo, com nosso esforço e trabalho. Parabéns a todos!
Aqui chamamos o alho francês de alho poró. No dicionário também tem alho porro, creio que houve uma adaptação na linguagem e hoje chamamos de poró.
Ontem mesmo fiz sopa com alho poró, abobóra amarela ( que podem ser jerimum dependendo da região) e batatas. Bati no liquidificador, e coloquei creme de leite ( ou natas) e um pouco de noz moscada.
É meu creme ( sopa) preferida.
Sou vegetariana, então adoro tudo o que plantou e comeria todos com muito apetite!
Quanta economia vão fazer!
beijos Catarina, sucesso na sua horta!

Anajá Schmitz disse...

Olá,
uma horta é uma riqueza numa casa. Moro no campo e não tenho é uma vergonha. Aqui temos seca no verão e geada no inverno.
Bjos
Tenha uma ótima semana.

Horticasa disse...

Bom dia, muito bom, as colheitas animam-nos para prosseguir.
Por aqui também já se colhem coisas.
Boa continuação, beijinho
PS. ...e as corridas, vamos ao Caldas trail?

helena disse...

Como gosto de colher e preparar os meus próprios alimentos. O sabor é incomparável! Mas...o tempo nem sempre nos dá tempo para assim proceder.