terça-feira, 12 de maio de 2015

Upcycling - O que é?

Há vários verbos "ecológicos" que se podem (e devem) conjugar em prol da poupança ambiental. Os dos 4 R's (Reduzir, Reutilizar, Reciclar, Restaurar) fazem parte dessa lista e quando usados activamente, ajudam a reduzir o lixo que criamos e a poupar o Planeta e suas matérias-primas.

Mas existe outro verbo "ecológico" que é cada vez mais usado. Ainda não teve as honras de ser traduzido para português, mas devemos usá-lo o mais que podemos. O verbo em questão é Upcycle e a forma mais usada e conhecida é Upcycling.

E o que é isto de Upcycling e o que é que pode fazer para ajudar o Ambiente?

Upcycling é o processo usado para transformar materiais ou objectos em fim de vida (que de outra forma iriam para o lixo ou reciclagem), em outros materiais ou objectos mais úteis, de melhor qualidade e com uma nova vida e utilidade (e muitas vezes mais bonitos...).

(lâmpadas transformadas em jarras - imagem daqui)
Só o facto de se retirar do lixo algum material, já é por si só uma vantagem para o Ambiente. Dar-lhe um novo propósito e usá-lo como se fosse uma matéria-prima nova, para além de ajudar o Ambiente, ajuda também a nossa "carteira", e isso é sempre bom :)

Há quem defenda também que, antes de se pensar em Reciclagem, se deve fazer o Upcycling possível dos materiais. A Reciclagem é um processo considerado ecológico, na medida em que permite a redução de consumo de matérias-primas da natureza (por ex. a reciclagem do papel evita o corte de árvores), mas para haver reciclagem de materiais, tem que se gastar energia. Com o Upcycling não existe esse gasto energético e muitas vezes a matéria-prima está na nossa casa, logo não há gasto de combustível (significativo) no transporte do mesmo.

(paletes transformadas em sofá de exterior - imagem daqui)
E incorporar este conceito no dia-a-dia até é fácil: de t-shirts velhas faz-se trapilho para tapetes; de paletes de madeira faz-se mobiliário de jardim; de talheres velhos fazem-se cabides; de cápsulas de café fazem-se colares... 

(conjuntos de chávenas e pires ganham nova vida num abajour - imagem daqui)
São tantos os exemplos quanto a nossa imaginação permitir. 

Vamos "Upcyclar"? 

11 comentários:

Andreia Morais disse...

Vamos lá :D é realmente um conceito útil!

Paula Santos disse...

Ficam todos muito giros, mas acho que se fizesse algum seria o sofá com paletes!
:)

Horticasa hoticasa disse...

Então eu sou uma delas, como se diz??
Não interessa, eu faço isso todos os dias, beijinh

Ex Não Vaidosa disse...

Saudações Catarina! Olhe... eu costumo fazer muito disso! Eu achei as ideias que vc postou, bem bacana. Eu não sou do tipo que gosta de fazer enfeite em pote de sorvete, ou de pintar pállets para fazer um sofá, para mim, é gastar mais materias e gerar ainda, mais resíduos. Uma coisa que eu DETESTO é fazer brinquedos com caixas de leite... você gera muito rsíduo encapando ou pintando a embalagem, ao meu ver, isso completamente vai contra o princípio. O grande problema que precisamos contornar é APRENDER o que realmente a palavra ecologia significa....adoro, sempre, sua sensatez em suas postagens. Beijos e abraços!

CÉU disse...

A tua publicação faz-me lembrar a Lei de Lavoisier. Incrível, Catarina!

Beijos,

Andreia Morais disse...

r: Muito, muito obrigada!

Sim, está mesmo incrível *.*

Zizi Santos disse...

Essa palavrinha em inglês é difícil, logo esqueço, mas o conceito não.
Quem sabe eu já esteja praticando sem o saber.
Obrigada pelas informações sempre válidas
tenha uma boa semana!

Isa Mirtilo disse...

é muito bom poder reutilizar materiais para decoração :)

Isa,
http://isamirtilo.blogspot.pt/

Sofia disse...

Ainda não conhecia o conceito, apesar de ser algo que já ia fazendo =P agora já tenho um nome para lhe dar!

Fã da TV e Cine disse...

A minha natureza é igual a estes conceitos. Quando era bem nova aproveitava tudo, reciclava, transformava - recusava-me a ver algo como lixo. Aliás, fazia-me imensa confusão que o lixo fosso todo posto no lixo, indiferencialmente. Anos depois surgiu a reciclagem de cartão, depois de plástico... Sempre existiu de vidro, mas esse agora tem pouca procura porque quase tudo é feito de plástico. Enfim, acho lindo, compreendo mas esses candeeiros de chávenas de porcelana ou loiça devem aquecer para caraças! :D

Reutilizar não é só tornar uma coisa bonita e funcional, também é não permitir que possam ocorrer acidentes. Essas chávenas teriam de estar longe do alcance ou do local onde repousam cabeças ou recorrer a lâmpadas de luz fria, luz que não aquece o objecto. Enfim, detalhes..

Carmem Grinheiro disse...

Olá, Catarina.
Sempre aprendendo: então eu já ando a "Upcyclar" há tanto tempo e nem sabia!
Tenho sempre usado o "reciclar" , que, à falta de outro, soava-me o mais apropriado.
Mas, tenho que concordar aqui com o comentário anterior do "Fã da Tv e Cine", pois é necessário que se use o bom senso e cuidado nos objetos a trabalhar, para não haver "desconfortos".
E, no caso da madeira, é material susceptível ao bicho, o que exige o tratamento da mesma, antes da utilização: ora, esse produto é caríssimo e altamente poluente. Há que pesar e avaliar ;)
Mas, nada disso desvaloriza o princípio da reciclagem e do Upcyclar =)
bj amg