domingo, 26 de julho de 2015

Cultivar cebolas em vasos

As cebolas fazem parte da minha cozinha, numa base diária. Para além dos benefícios nutricionais, dão muito sabor aos pratos e por isso é raro o prato que cozinhe, que não use cebolas. Sopas, arroz, salteados de legumes ou carne, omeletes, refogados e assados, tudo isto fica com outro paladar, quando se junta um pouco de cebola.

Este post já andava na minha cabeça há umas semanas, quando numa das vezes que fui à horta dos meus pais, a minha mãe me mostrou esta "experiência":


São duas pequenas cebolas (que ela entretanto já apanhou e usou). Estas cebolas não vieram de semente, nem de cebolo. Foi o resto de uma cebola que ela usou na cozinha, com algumas raízes, que resolveu colocar num vaso, só para ver o que dava.

É muito simples de fazer: precisamos de um vaso com terra (ou substrato), a parte de baixo de uma cebola (como a da imagem abaixo) e água.
 
Colocar o pedaço da cebola com as raízes viradas para baixo na terra. Deixar uns dias sem enterrar completamente, só para ganhar um pouco mais de raiz. Passado uma semana, enterrar completamente na terra e cobrir (não é preciso cobrir com muito). Ir regando de vez em quando. E esperar que cresça.

Assim consegue-se ir tendo sempre cebolinhas e aproveitar um dos pedaços da cebola que de outra forma iria para o lixo.
Desde esta experiência, já mais cebolas nasceram naquela varanda e mais irão nascer.
É um exemplo de uma das coisas que se consegue ter numa Horta de Varanda (e não só), sem se ser um "profissional" da cultivo da terra. Mais fácil que isto não há!

Boa semana!

29 comentários:

Carmem Grinheiro disse...

Olá, Catarina.
Adoro essas experiências. E mais ainda constatar que dão certo =)
Muito bom e agradável.
bj amg

Andreia Morais disse...

Realmente, é muito simples!

Beijinhos*

✿ chica disse...

Que dica bem legal!@ Gostei! bjs praianos,chica

nat. disse...

Olá!
Que boa ideia! Não sabia que cresciam assim...

Do que disseste não aconselho o uso apenas de substrato... Todas as plantas que pus só com substrato ficaram muito bonitas nos primeiros dias, mas depois começaram a definhar...
Mas se misturado com um pouco de terra já corre bem :)

Boa semana!

Marisa Reis disse...

Também costumo colocar a parte do centro das cebolas, quando espigam, na terra e também resulta, há-de experimentar.

O meu pensamento viaja disse...

Catarina, adorei a sugestão que porei em prática após as férias, porque também eu adoro cebolas.
Muitíssimo obrigada pela sugestão.
Beijinhos

Bella disse...

A Natureza nos providencia com o que precisamos :) tenho salsa a nascer no vaso do aloé vera. não sei como lá foi parar mas as tantas alguma semente de salsa espigada que foi lá parar! bjs

Horticasa hoticasa disse...

Também quando as cebolas estão a espigar ou até a apodrecer, enterram-se que elas quase sempre rebentam e dão muita rama, a rama é muito boa para quando se acabam as celas ou se esquecemos de comprar, dá muito jeito, dá também muitas vezes para substituir o cebolinho e ao no outono se for sempre cortando a rama ainda se colhem umas cebolinhas...
http://hoticasa.blogspot.pt/2013/08/novidades-da-varanda-3.html
beijinho

Ex Não Vaidosa disse...

Saudações Catarina!
CEBOLINHA É TUDO DE BOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOM.... ADOREI A DICA! Beijos e abraços!

Andreia Morais disse...

r: Chegaste exatamente ao que eu queria transmitir. Vemos aquilo que queremos e não aquilo que realmente está à nossa frente e isso condiciona-nos.

Beijinhos*

© Piedade Araújo Sol disse...

Achei interessante esta experiência..

obrigada pela visita.

beijo

:)

Diná Fernandes O.Souza disse...

E como é bom ter uma folhinha de cebola fresquinha, coloca no feijão verde é uma delicia com azeite e uma pimentinha!!
Boa ideia Catarina! Gostei!!

Bjs e obrigada pela visita.

Algodão Tão Doce disse...

As pessoas entram em nossa vida por acaso, mas não é por acaso que elas permanecem.
Obrigada querida pela presença amável!
Amei de paixão seu blog, já coloquei nos meus preferidos!!!
Lindos dias de verão!

Beijos Marie.

piteis da dinha disse...

Oi Catarina!
Te encontrei em outro blog e passei por aqui p/conhecer o seu. Bem diz o ditado: Vivendo e aprendendo!
Amei a dica da cebola. Eu moro em apartamento, mas tenho uma hortinha na cozinha e com certeza vou experimentar essa dica.
Fiquei seguindo seu blog p/ aproveitar outras dicas como essa!

Bjsss e um belo FDS p/vcs

CÉU disse...

Olá, Catarina!

Mas o que será que faltará ainda para abrilhantar esta natureza k tu crias, com tanto à vontade e naturalidade? Fui ver a horta na varanda e está enorme e viçosa!
Tudo, o k seja verde-natureza, te parece tão simples! És mesmo ecológica e gostas da terra.
Eu nunca semeei nada, mas também não me "puxa". Todavia, para fazer limpezas, arrumar roupeiros, gavetas e colocar roupas por cores e altura, conta comigo. Adoro, adoro!

Bom fim de semana.
Beijinhos.

Elisabete disse...

Olha que interessante!
Não é preciso ser-se profissional, não.
Bom domingo

Simone Felic disse...

Boa experiencia, sempre faço as minhas artes por aqui também.
beijinhos

http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

Gracita disse...

Oi Catarina
Uma dica simples e fácil. Amei esta ideia de cultivar cebolas em vasos
Vou colocar em prática minha querida
Beijos e carinhos
Gracita

Isa Sá disse...

Uma ótima ideia!

Isabel Sá
http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

Isa Mirtilo disse...

a minha tia também as planta em vasos :)

Isa,
http://isamirtilo.blogspot.pt/

Cristina Oliveira disse...

Eu tb ponho cebola em tudo! Vou experimentar!!

Crocheteando...momentos! disse...

Tenho pouca sorte com as cebolas que saem sempre pequenas mas gostosas!!! Bj

Lete disse...

Que sugestão espetacular! Também adoro cebolas e uso-as em quase tudo, tal como tu. Tenho mesmo de arranjar coragem e fazer uma hortita na minha varanda... obrigada pelas ideias tão giras e tão interessantes!

Prata da casa disse...

Mas que bela ideia e bem fácil de ser posta em prática. Gostei muito e hei de fazer.
Se quiseres seguir-me diz-me que tb me faço seguidora. Gosto de retribuir as gentilezas.
Bjn
Márcia

piteis da dinha disse...

Oi Catarina!
Obrigada pela visita!
Bjssss, um lindo FDS e um feliz Dia dos Pais p/vcs

CÉU disse...

Olá, Catarina!

Agradeço a tua visita e comentário.
O mês de Agosto traz recordações à maior parte das pessoas, pke lembra férias grandes, calor, amigos, liberdade e diversão. Para mim, era tempo de ir para o Alentejo e usufruir de roupa nova e diversificada e de mimos e mimos.
Aquela canção é fantástica. Transporta-nos, de imediato, e entramos na música e na letra, tão de boa vontade!
Deixei umas palavrinhas pra ti no meu blogue.

Beijinhos e bon fin de semaine!

Te disse...

Uau, não imaginava que isto poderia resultar. Realmente, pensamos sempre que estas coisas são lixo. Afinal... :-)

Iris Barbas disse...

Oi Catarina!

Que ótima dica! Minha cozinha funciona como a tua... Hehehe Tudo é regado com cebolinha verde... Adoro!

Abraços, Iris

Poções de Arte disse...

Tive a oportunidade de fazer isso lá na Caverna e papamos toda a cebolinha. Dificilmente descartamos restos de alimentos assim - tudo vira adubo.
Felizes os que podem obter seus alimentos de pequenas hortinhas assim, fora o prazer de cultivá-los.
Abração e lindo dia.