segunda-feira, 1 de junho de 2015

Das Buracas de Casmilo ao Vale do Canhão dos Poios

Este meu último fim de semana foi muito agitado: entre o meu aniversário, a Expo aqui da terrinha e o passeio de Domingo, não houve grande tempo para o descanso. Mas não faz mal! Aliando caminhada na Natureza, fotografia, boa companhia e paisagens fantásticas deste nosso pequeno/grande país, posso dizer que foi um domingo em cheio :)

Desta vez decidimos (finalmente) ir visitar as Buracas de Casmilo em Casmilo, Condeixa-a-Nova. Uma maravilha de formações geológicas, como eu nunca tinha imaginado que existiria por aqui. 

http://ecologicaquem.blogspot.pt

Integrado no Maciço calcário de Sicó, existem estas "Buracas", que são as concavidades de desenvolvimento horizontal deste pequeno canhão fluviocársico, ladeadas de altas escarpas.

http://ecologicaquem.blogspot.pt

O acesso de carro é fácil e chegando a Casmilo existem placas de identificação do local. A partir da aldeia o caminho é em estradão (terra batida). Mas se gostarem de uma bela caminhada ou BTT, este ponto está integrado num percurso pedestre de 4km.

http://ecologicaquem.blogspot.pt

O almoço foi na Senhora da Estrela, lugar de Poios, Redinha, Pombal, em modo piquenique "concentrado" (ou seja, umas sandes para não se perder muito tempo...). Vai-se facilmente de carro e a estrada é de alcatrão, pois existe um santuário neste local. Se quiserem fazer caminhada ou BTT, este local está integrado em rotas de percursos pedestres.

http://ecologicaquem.blogspot.pt

Na Senhora da Estrela podemos encontrar este "smile" esculpido na pedra. Não está muito visível, mas é perto da estrada e de fácil acesso por trilho. Do ponto mais alto do miradouro, tem-se uma vista maravilhosa até ao mar. Tivemos a sorte do céu estar limpo e conseguia-se ver até o areal da Figueira da Foz e a Serra da Boa Viagem.

Na descida para Redinha, passámos por um pequeno charco e tivemos que parar, pois estava cheio de Odonatas (libélulas e libelinhas), a nova paixão para observação. 

https://www.facebook.com/hugo.ferreira.myimagingtours.photography?fref=photo
(Gonfus de folhos (Paragomphus genei))
Entre libélulas azuis, gonfus esverdeados, libelinhas vermelhas e anfíbios não identificados, era um charco fervilhante de vida selvagem :)

Na parte da tarde, fizemos uma parte do Percurso Pedestre que passa pelo Canhão do Vale dos Poios, freguesia de Redinha, Pombal. Para se chegar a este local, tem que se deixar o carro de lado e optar pela caminhada ou pela bicicleta. 

http://ecologicaquem.blogspot.pt

Aqui a vista é mais verdejante, mas ainda assim tem-se acesso à beleza e à imponência das formações geológicas do Maciço da Serra de Sicó.

http://ecologicaquem.blogspot.pt

Deu ainda para avistar mais alguma da fauna local: duas cobras foram vistas (não por mim...) e libelinhas também :)

Durante todo o dia fomo-nos cruzando com outras pessoas a aproveitar o desporto da natureza, tanto no BTT como na escalada. Esta zona das Terras de Sicó é também local de prática de espeleologia e de uma das provas de Trail mais conhecidas do país (e que espero fazer um dia...), o Trail de Conímbriga Terras de Sicó.

Deixo-vos ainda algumas informações dos locais que visitámos:

Direcções para Casmilo: aqui
Percurso pedestre de 4 Km: aqui
Percurso pedestre no Maciço de Sicó: PR-3 - Rota de Lapiás

Capela da Senhora da Estrela: A Lenda
Percurso pedestre do Vale dos Poios: aqui e aqui

Fotografias por Hugo Ferreira

Ficaram inspirados?

Boa semana!

14 comentários:

✿ chica disse...

Perfeito esse lugar! Que lindas fotos e as buracas maravilhosas. Ainda bem não viste as cobrar.Detesto! Morro de medo! bjs, lindo dia! chica

Ives disse...

As fotos me fazem viajar! abraços

Andreia Morais disse...

Nunca lá fui, mas tenho que mudar isso. Que lugar incrível!

Beijinhos*

CÉU disse...

Olá, Catarina!

Primeiramente, os meus parabéns pelo teu aniversário.

Que grande passeata! Isso é k foi descobrir e apreciar natureza! Cobras? duas? Pronto, já aí não vou.

Gostei mto das fotos e de te ver, embora, à distância.

Inspiradas? Pois, mas sem cobras.

Boa semana e curte bué o próximo domingo.

Beijinhos.

Simone Felic disse...

O lugar é perfeito , adoraria visitar , quem
sabe um dia eu tenha a oportunidade, adorei a libélula.
beijinhos
http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

Ex Não Vaidosa disse...

Saudações Catarina! UAAAAAAAAAAAU QUE LUGAR... Adorei sua postagem.... ahhhhh quem me dera poder conhecer!!!! Tua terra é linda!!! Obrigada por compartilhar conosco!!!Beijos e abraços

A Casa Madeira disse...

Fiz um belo passeio sem sair de casa adorei conhecer.
A paisagem é deslumbrante deve ter aquele ventinho soprando maravilha!
Bom começo de junho.
Janicce.

Horticasa hoticasa disse...

Pois é!
Eu fiz o trail, fiz sim senhor mas, nã vi nadica de nada!
Vi lindas cascatas de águas azuis, subi e desci por caminhos fantásticos, vi uma vegetação lindíssima, vi lama, muita lama mas, não vi as paisagens.
Tenho que lá voltar, beijinho

CÉU disse...

Olá, Catarina!

Tudo bem? Aqui, também.
De acordo com o comentário k deixaste no meu blogue, e k mto agradeço, é caso para dizer: fogo!

Bom fim de semana.

Beijinhos.

Diná Fernandes O.Souza disse...

Boa noite Catarina! Vim agradecer sua gentil visita e conhecer seu blog. Fiquei impactada com a beleza das imagens, uma viagem pelos canos lusos. Adorei!
Grata pelo gentil comentário e por gostar dos meus rabiscos.
Seguindo seu blog.

Noite de paz, desejo a vc!

Bjs!

Isa Sá disse...

Bonitas imagens.

Isabel Sá
https://brilhos-da-moda.blogspot.pt

Cristina Oliveira disse...

Q lugar lindo! N conhecia.
Adorei as fotos!

A Gata de Saltos Altos disse...

Que fotos liiiiindas! Realmente, a natureza é qualquer coisa de muito maravilhoso.

http://agatadesaltosaltos.blogspot.pt/

Sónia disse...

Andava à procura de blogues sobre Ambiente no blogs Portugal, encontrei este e entretanto este post. É engraçado que as buracas do Casmilo são perto da terra do meu namorado e eu nunca tinha ouvido falar sobre elas até o conhecer (o que se calhar é normal para a maioria das pessoas, mas como sou da área de geografia já ouvi falar sobre a grande parte das características geomorfológicas do país). Mas bem a verdade é que ainda não a conheci.

Já agora deixo o link do meu blogue que também é sobre ambiente e outras coisas: tantolixotantoluxo.blogspot.com