segunda-feira, 31 de julho de 2017

Verão e Tomates

O Verão por aqui já vai longo (uma vez que começou em tempo de Primavera...) e por isso, este ano a horta acabou mais cedo. Já deixámos de regar quase tudo, excepto os tomateiros, que, com as cebolas, é o que resta da horta desta estação. Desistimos de pimentos, courgetes, abóboras, feijão-verde, melões... O calor é imenso e a chuva é ZERO há largos meses. E até as melancias que estavam tão bonitas acabaram por não resistir a esta seca imensa.

Não há rega que compense a água da chuva e como não usamos adubos químicos as plantas naturalmente ressentem-se e não produzem. Este ano nem courgetes, nem pepinos e as abóboras, os melões e as melancias nem vê-las, apesar do início tão prometedor.

Mas enfim, é assim mesmo, acaba por fazer parte do processo dos biohorticultores amadores.

O que continua a dar com força, são os tomates! Este ano, apesar do calor abrasador, os tomateiros têm produzido imenso. Nunca tivemos uma produção como esta. O que parece que ajudou foi termos coberto o local onde se encontram, com rede de ocultação. Aquela sombra ajudou a proteger as plantas do sol directo, mas sem tapar completamente.

Com uma produção destas acabo por usar tomates na cozinha todos os dias, seja em saladas, arroz, refogados, salteados e até já fiz por duas vezes molho de tomate caseiro, para congelar e ter sempre à mão, assim que passe esta altura tão generosa.


Esta foi a receita que usei:

- Para cada 2/2,5 kg de tomates aos cubos;
- 2 cenouras (para reduzir a acidez do tomate e adocicar);
- 2 a 3 cebolas médias;
- Meio pimento vermelho;
-  3 dentes de alho grandes;
- sal, mistura de pimentas e azeite q.b.
- manjerona q.b.

Coloquei tudo na liquidificadora e reduzi tudo a creme. 


Transferi tudo para um tacho largo e cozinhou durante aproximadamente meia hora em lume médio, até apurar e reduzir.


Deixei arrefecer e depois transferi para pequenas taças (neste caso foram embalagens de queijo fresco que vou guardando), que levei ao congelador de um dia para o outro.


Desenformei e guardei num saco num congelador.


Agora é só usar quando quiser: saboroso, sem trabalho e sem químicos. Tudo natural e (quase) tudo da minha horta.

Em relação aos trabalhos da horta, estamos em pausa, apenas vamos apanhando e regando os tomateiros. Recomeçaremos novamente em Setembro, com a esperança que este Outono seja mais normal.

Bom Agosto e até breve!

30 comentários:

Andreia Morais disse...

É uma pena que o resto não tenha resistido!
Que bela colheita de tomates. Adoro e também como quase todos os dias :)

Joao Antonio Ventura disse...

Belos tomates, principalmente por não terem agrotóxicos. Parabéns, abraços.

Gracita disse...

Oi Catarina
É uma pena que se perdido frutos e legumes por conta abrasador do verão
Os tomates no entanto produziram com fartura. E que aspecto maravilhoso desse molho querida. Tomara que a próxima estação venha mais amena
Beijos e uma linda semana

✿ chica disse...

Tomates muito lindos e fazer o próprio molho com eles é demais de bom.Puros, genuínos...bjs, chica

Sabores do Ninho disse...

Eu não tenho condições no meu quintal para ter uma horta, apenas tenho ervas aromáticas e algumas árvores de fruto. Contudo, os meus pais e familiares mais próximos têm e felizmente, consigo consumir produtos sem químicos. E pelos suas hortas, os tomates, entre outros produtos, têm sido reis. Este ano ainda não fiz molho de tomate caseiro, mas depois de ler o teu texto, fiquei a pensar que tenho que começar a fazer. Adoro o blog, embora nem sempre comente. Beijinhos

https://saboresdoninho.blogspot.pt/

Bruna Rico disse...

Por aqui este ano temos também montes de tomates! De vários tipos... os cereja então tem sido uma loucura: até para lanche já como tomatinhos cereja :D :D :D
Já tivemos courgettes (muitas e enormes!), abóboras já foram apanhadas, abóboras gilas também tivemos algumas e já as apanhamos... pepinos, melão e melancia é que tivemos pouco!
Este ano fiz também molho de tomate e congelei tal como tu ;) ainda fiz polpa de tomate pela primeira vez... a ver se ficou boa para poder partilhar a experiência ;)
Beijinho
http://acucarsal.blogspot.pt/

A Casa Madeira disse...

E da uma satisfação não é?
Plantava um pouco de tudo mas agora compro
dos pequenos produtores k, meus vizinhos k.
Boa entrada de mês de agosto.
Abraços.

Graça Pires disse...

Costuma dizer-se que no tempo dos tomastes todos são bons cozinheiros... Que bom ter uma colheita assim.
Uma boa semana
Beijos.

Catarina disse...

É tão bom poder usufruir das coisas maravilhosas que a terra nos dá!
E nesse ponto acho que estamos totalmente de acordo!
Este ano estamos a ter a maior quantidade e diversidade de tomates de sempre na nossa horta e eu estou tão grata por isso. Temos usado e abusado deles e o meu frigorífico já está aprovisionado para o inverno com molho de tomate e tomates congelados.
Em breve tenho de fazer um post sobre a nossa horta, este ano surpreendeu nos tantoo!

Beijinho enorme

Elisabete disse...

Que bom! Hei de fazer também (com tomates comprados, paciência...).
Bom fim de semana.
Bjs

Prata da casa disse...

Tão bom poder utilizar produtos frescos acabados de colher. O sabor deve ser excelente. Pena a seca prolongada por aí, já que aqui em S. Miguel, tem chovida muitas vezes.
Bjn
Márcia

Andreia Morais disse...

r: Acho que há sempre um pouquinho dessa inocência que conseguimos preservar. Mas, de facto, essas mudanças são necessárias para amadurecermos.

Obrigada e igualmente :)

Os olhares da Gracinha! disse...

Adorei a sugestão!
Costumo fazer uma massa com tomate e pimento ... triturados e congelo em pequenas caixas!!!
Bj

helena disse...

Excelente ideia.

O meu pensamento viaja disse...

Adorei a sugestão que aplicarei logo que possível. Beijo

Lete disse...

Que maravilha! Poder comer o que a natureza tão ricamente nos oferece, cuidado e tratado por nós, só pode ser um privilégio! Fico muito feliz por conseguires aproveitar, com muito trabalho, essas maravilhas tão saborosas e saudáveis.
Gosto muito deste teu cantinho, é uma inspiração e uma aprendizagem gratificantes.
Beijinho grande, já tinha saudades tuas!

Joana Claro disse...

O que eu gostava de ter um "espacinho" para poder cultivar estas delícias... tenho um mini tomateiro na minha varanda que dá cerca de 5 tomatinhos por ano :) E lá fico eu toda orgulhosa :P
Beijinho e bom fim de semana!
https://asreceitasdamaegalinha.blogspot.pt

CÉU disse...

Olá, Catarina!

Tu e muita gente, sobretudo agricultores, continuam a queixar-se da falta de água e do verão, que começou na Primavera, mas a natureza é que manda e não nos dá explicações. Vá lá, que os tomateiros vingaram e bem, e têm dado pano pra mangas. Nunca imaginei k a partir de tomates, devidamente cozinhados, se conseguissem fazer pequenas delícias geladas, que neste tempo sabem bem. Quem sabe, sabe!

Beijos, boa semana e boas férias, se for o caso.

Joana disse...

Faço imenso!
Não uso cenoura, e uso mais alho e cebola!
Adoro! Já fiz mais de 4 panelas!
Os tomates não acabam em casa da minha avó e fico com molho de tomate para o ano todo!
Congelo parte e outros frasquinhos estão no frigorífico :)
É tão melhor o nosso molho de tomate que o de compra.
Um beijinho

Horticasa hoticasa disse...

Olá Catarina, Bom, muito bom aproveitamento...
Eu costumo fazer e guardar em frascos como a compota, assim não precisa congelar.
beijinhos

Raquel disse...

É ótima ideia, ter um molho de tomate biológico, livre de aditivos alimentares :) beijinhos

Mena Almeida disse...

Olha que boa ideia :)

E depois de descongelado dá na mesma, nunca tinha pensado nisso :)

Beijinho Catarina

Sandra Oliveira disse...

Olá Catarina,
Pois, este ano o tempo anda mesmo estranho. Os nossos tomateiros parece que lhes pegaram o "arejo", deram muitos, e ainda têm lá os últimos, mas não devem dar muitos mais. Também já fiz molho de tomate e congelei bastantes :)
Eu não costumo congelar depois de fazer molho de tomate, mas gostei da ideia ;)
Beijinhos grandes e bom fim de semana :)

Bella disse...

Uma excelente ideia. Tmabém não tenho dado vazão aos tomates que a minha prima nos dá. Tem sido uma colheita abundante.
Este ano tivemos imensas maçãs a ponto de derrubar a árvore com o peso.

Bjs

Zizi Santos disse...

Olá Catarina
lamento que sua produção não tenha tido o êxito esperado !
Mesmo assim os tomates que apresentas estavam bonitos e pareciam apetitosos. Fruta sem agrotóxico tem outro sabor e consistência.
Além do mais, não prejudica a saúde. Vale a pena a labuta para conseguir esses tomates ! Saúde é tudo!
Eu só consumo tomates orgânicos. Pena não ter uma horta como a tua.
beijinhos

Profª Lourdes disse...

Olá amiga, lhe encontrei em blogs amigos, vim conhecer o seu, amei suas postagens e já estou seguindo. Vem conhecer os meus, se gostar seguir, ficarei grata. Abraços

Maria Izabel Viégas disse...

Olá Catarina,
Vi teu blog no de uma amiga.
E o tema, claro, me interessou.
Pelo visto, estás em Portugal. Aqui no Rio é inverno.
Mas adoro fazer minhas mini hortas.
E lembro-me bem das poucas)colheitas de tomate que já fiz.
Um pé nasceu fora da horta , num lugar inesperado, mas rendeu-me bons e lindos frutos!
Vou fazer sua receita . Grata.
Beijos

* Não consegui te seguir , deu algo errado. Mas já linkei teu blog ao meu.

Sandra disse...

Olá Catarina
Nunca fiz, mas parece-me uma bela dica! Bj e bom fim de semana.

CÉU disse...

Olá, Catarina!

Estás bem ou passa-se algo de anormal? Desculpa a pergunta, à qual só responderás se quiseres.

Já vi que passaste um comentário deste mês, do dia 01, mas estamos a 27. Espero que tu e a tua família estejam bem de saúde.

Beijos e dá notícias. Obrigada!

CÉU disse...

Olá, Catarina!

Quero, sinceramente, agradecer o teu gesto, as tuas palavras, que tanto me sossegaram. Ainda bem que tens muitos afazeres e que está tudo bem contigo e com a tua família.

Sabes, a mim, não me interessa só ter comentários ao que escrevo, interessa-me sobretudo saber de vocês, das pessoas que considero amigas, embora virtuais.

Beijos e bom domingo.